fbpx
Projeto CAP - Gratidão

Quem é “bonzinho” não é grato a ninguém

Tentar identificar a diferença entre alguém que é genuinamente bom e alguém que está fingindo ser “bom” pode ser difícil. Mas existem comportamentos que podes identificar e saber se uma pessoa é realmente boa ou está a tentar ser “boazinha”.

1. As pessoas “boazinhas” esforçam-se para ter amigos. Deixam de se cuidar para cuidar dos outros, para que os outros gostem delas., pois acreditam que outros precisam delas e que ninguém é tão boa pessoa como elas são.

2. Através da vitimização, a pessoa “boazinha” busca a atenção dos outros. São sempre vítimas das circunstâncias, nunca fazem nada, a responsabilidade da sua vida não é delas e tudo o que lhes acontece resulta num enorme problema, porque só assim conseguem ter a “simpatia” dos outros.

3. As pessoas “boazinhas” vivem através das “fofocas”, criam histórias sobre o que os outros fazem ou deixam de fazer. Julgam tudo e todos. Elas são o exemplo da sociedade no que toca a comportamento.

4. Estão sempre a falar das suas pequenas conquistas. O pouco que fazem precisa de ser apreciado pelos outros, por isso contam a toda as pessoas o que fizeram, como se fossem as pessoas mais corajosas do universo.

5. Fazem promessas que não podem cumprir. As pessoas “boazinhas” têm dificuldade em cumprir promessas porque têm dificuldade em assumir compromissos, buscam sempre o que é mais fácil para elas mesmo que isso prejudique a promessa que tinham feito.

6. Buscam sempre o seu proveito. Em tudo o que fazem elas buscam sempre garantir o seu ponto de vista e o seu “trono”, mesmo que este ponto de vista e este “trono” não as leve a lugar nenhum.

No fundo, as pessoas “boazinhas” não têm a mínima noção de Gratidão pelo que têm e por quem são realmente. Tentam ser algo que no fundo nem acreditam que são. Se não são Gratas a si mesmas, nunca o serão com ninguém, porque essa capacidade está muito longe da sua percepção.

Quem é “boazinha” merece a nossa compreensão, porque ela lida com ela mesma 24 horas por dia. Como deve ser difícil conviver com uma mente de uma pessoa “boazinha”.

Agora, fica atenta(o) às pessoas “boazinhas” e abre espaço para relacionamentos mais significativos e genuínos na tua vida.

.

#projetocap  #projetocapinspiraamudar
Segue o Projeto CAP também no Youtube