Pessoas infelizes não conseguem dar felicidade

Existem pessoas infelizes em todo o lado. Vivemos e trabalhamos com elas. Até podemos ser uma delas. Estão em todo o lado. Pessoas infelizes não conseguem dar felicidade

A maioria das pessoas infelizes têm tudo para não se sentirem como se sentem. Mas na verdade o que sentem é tão forte que o melhor alívio é que os outros se sintam exatamente como elas.

Elas exigem tanto de si mesmas. Querem colocar-se a fazer o que nada tem a haver com elas e quando as coisas não funcionam puxam os outros para baixo, para se sentirem melhores.

Se os outros estiverem mal elas não precisam de SER mais do que sentem que são. Podem manipular quem as rodeia.

Pessoas infelizes são maus funcionários ou patrões. De certeza que já tiveste aquele colega de trabalho, ou patrão, em que tudo está mal, que nada funciona, que reclama por tudo e por nada. Uma empresa onde pessoas infelizes têm algum poder de decisão, mais cedo ou mais tarde começa a ter problemas financeiros. Eles próprios necessitam que assim seja. Se tudo funcionar bem como vão poder reclamar?

Pessoas infelizes são peritas em arranjar desculpas quando precisam de fazer algo: “Hoje tenho que estar com o meu marido“, “O meu filho precisa da minha ajuda“, “Prometi ajudar a minha mãe“… a lista é infindável e regra geral elas usam “os outros” para se mostrarem mais solidárias e excelentes pessoas.

Pessoas infelizes não aceitam a vida tal como ela se apresenta. Elas querem ser diferentes, ter outro corpo, outra família, outra casa, outro trabalho. Estão continuamente a comparar-se com os outros e desta comparação inevitavelmente surge o julgamento. Se não consegue ser diferente então o outro está errado ou a fazer algo mal.

No fundo, as pessoas infelizes só buscam atenção. Precisam que alguém lhes reconheça a dor que sentem. Uma dor que nem elas próprias conseguem ver. Algo que já as dominou, controlou e as aprisionou há muito tempo.

Esta busca de atenção leva-as a desresponsabilizarem-se dos seus atos. Quando algo corre mal, não é culpa delas.

Tudo o que fazem, independente de terem muita ou pouca responsabilidade, nunca irá ser feito com integridade, nunca irá ser para bem dos outros, porque elas não se sentem bem. Nós só damos o que temos, logo uma pessoa infeliz só consegue dar infelicidade.

Esta dor é tão grande que, qualquer coisa que as possa tirar desse ponto, elas vão boicotar-se, vão adiar ou vão arranjar forma de acreditarem que o que precisam de fazer pode ser mau para elas.
E realmente vai ser “mau”, pois vai tirar-lhes a dor que sentem à qual estão habituadas.

Pessoas infelizes não conseguem dar felicidade

#projetocap  #projetocapinspiraamudar
Segue o Projeto CAP também no Youtube