fbpx
Projeto CAP

Gerações “sem” Emoções

Sempre os mais velhos, criticaram os mais novos, dizendo “no meu tempo havia respeito, educação, ….”, e esta conversa era feita pelos nossos avós, pelos nossos pais, e hoje em dia por nós e os nossos filhos irão também fazer, se não ganharmos responsabilidade dos nossos sentimentos, em relação as gerações mais novas.

Porque acham que os nossos filhos demonstram tanta desconeção? Porque estão os jovens cada vez mais revoltados? Agressivos?

Acham, sinceramente, que é de “hoje”?

Os nossos filhos espelham o que nos vai na alma, a nossa própria disconeção, a nossa incapacidade de gestão emocional. E esta incapacidade já vem dos nossos pais, dos nossos avos, …. O mundo evolui-o mas a Mente do SER Humano, não.

Eles tiveram “culpa”? Não…eles fizeram o que sabiam e nós fazemos o que sabemos…mas está na hora de “acordar” e deixar de “repetir” o mesmo.

Está na hora de aprendermos como “funcionamos” dentro da nossa mente, aprender a gerir o instintivo, o ancestral, a sermos bons gestores das nossas próprias emoções.

Para que tenhamos filhos, emocionalmente capazes de gerir frustrações, irritações, raiva, … que são emoções tao positivas como a alegria, felicidade, amor,….

Classificar as emoções como Positivas ou Negativas, é um erro enorme para o SER Humano, é renegar ou amplificar, algo que não controla, mas que pode aprender a gerir. Ao dares mais primazia a uma emoção em relação a outra, vais intensificar a que não queres.

E porque é que as gerações mais novas, estão a intensificar as respostas emocionais? Porque é que vês hoje em dia cada vez mais jovens agressivos, com raiva,… exatamente porque nós, os nossos pais e avos, andamos a gerações a querer calar essas emoções, a “engolir” a raiva, a tristeza,…. De certeza que vives-te numa casa onde havia “discussão”, mas que no exterior mantinha-se a compostura, a aparência que tudo estava “bem”. Gerações e gerações de repressão emocional, de tentativa de se SER feliz, trás pouca capacidade para a verdadeira felicidade.

Está na hora da mudança começar, está na hora de te conheceres, está na hora de te amares e potenciares, com todas as emoções que tens em ti.

Não as cales com medicamentos, com compras, com TV, com comida. Não cales as emoções que o teu filho de mostra. Ajuda-o, conhecendo-te!!!!